Brainstorming: Como aplicar um Brainstorm corretamente?

Brainstorming é uma técnica criada há cerca de 70 anos pelo lendário publicitário Alex Osborn, normalmente se traduz para o português como “Chuva de ideias”, porém esse termo é pouco usado, geralmente mantemos o termo em inglês.

Ela é uma técnica intencionalmente desinibidora para encorajar o pensamento criativo para gerar ideias. Normalmente feita em grupo, é uma ferramenta que instiga novidades e soluções de problemas/novos produtos.

brainstorming

Para o Brainstorming funcionar precisamos que todos os membros estejam bem informados sobre o problema que queremos gerar a solução. Para isso, muitas vezes antes de aplicar a ferramenta, a situação geral é explicada para equipe com características e detalhes. É mais eficiente caso o ambiente esteja descontraído para privilegiar o pensamento criativo.

Para realizar o Brainstorming podemos seguir alguns passos:

Passo 1: Fixar o tema (problema) em local visível.

Passo 2: Definir um anotador e escolher como as ideias devem ser registradas (quadro, planilha, etc), preferencialmente em locais no qual todos possam ver o registro.

Passo 3: Gerar ideias verbalmente e espontaneamente, anotador não pode interpretar a ideia ao escrever nem descartar nenhuma ideia.

Passo 4: Selecionar ideias coletivamente relacionadas com o tema e compacta-las via consenso do grupo.

brainstorming

Existem certas regras básicas para o melhor aproveitamento da técnica:

  • Não julgar as ideias/colega.
  • Ter postura imparcial (não fazer gestos de negação ou aprovação) perante as odeias.
  • Não criticar, é necessário um espaço amigável e confortável.
  • Buscar volume de ideias, no Brainstorming quantidade é melhor que qualidade, pois as menos proveitosas no final serão descartadas e elas podem desencadear melhores ideias.

Quanto ao tamanho da equipe, as vezes se colocarmos muita gente, a reunião acaba sendo cansativa e acaba não dando a oportunidade necessária para todas pessoas. Além disso todos precisam se sentir confortáveis e sem medo de julgamentos, por isso a seleção da equipe é essencial.

Após acharmos ideias podemos aplicar o ciclo PDCA, para acharmos soluções para os problemas levantados.

Caso tenha ficado alguma dúvida recomendamos a seguinte vídeo aula:

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *