Integrais Simples(Tabela Integrais)

Como nas derivadas, existem algumas regras que nos ajudam na hora de integrar. Essas regras chegam por meio do método (explicado anteriormente) das antiderivadas.

Sempre que temos alguma integral, temos que pensar qual função que derivada, viraria ela, por exemplo:

No exemplo acima podemos entender o porquê toda integral indefinida tem uma constante de integração, pois caso algum número estivesse na equação, quando ele fosse derivado sumiria (toda constante derivada é zero, como aprendido no conteúdo das derivadas).

Com esse método podemos chega na seguinte tabela de integrais:

Consideramos sempre “u” como a equação e du a incógnita que estamos integrando em função.

As integrais que precisamos saber sem hesitar, são a 1,2,3,5,6 e 7. Pois elas aparecerão de forma recorrente nos exercícios e precisamos saber usa-las.

Abaixo deixo uma vídeo aula sobre o tema:

Disponibilizo também uma aula com exercícios resolvidos sobre o tema:

Deixo abaixo alguns exercícios com o gabarito para o treino:

1-Ache as integrais indeterminadas das funções abaixo:

a) f(x)=3x5

b)

c)

d)

e)

 

 

 

 

 

 

Gabarito:

a)

b)

c)

d)

e)

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *